• Sudeste/Centro-Oeste
  • Sul
  • Nordeste
  • Norte
  • PREÇOS DE MERCADO

    Semanal Sudeste/CO

      • PLD Semana 1 Semana 2 Semana 3 Semana 4 Semana 5 Semana 6
      •     01/03 02/03 - 08/03 09/03 - 15/03 16/03 - 22/03 23/03 - 29/03 30/03 - 31/03

    Preços de Mercado - Sudeste/CO

    • Leve R$ 334,86 R$ 248,93 R$ 245,66 R$ 191,78
    • Média R$ 341,66 R$ 255,28 R$ 252,41 R$ 204,78
    • Pesada R$ 346,37 R$ 255,90 R$ 256,38 R$ 207,53

    Preços de Mercado - Média Geral - Sudeste/CO

    • Média R$ 339,46 R$ 251,81 R$ 250,06 R$ 199,09
    PLD Médio dos meses anteriores

    Meses Anteriores - Sudeste/Centro Oeste - Novo

    • Fevereiro
      R$ 443.66
    • Janeiro
      R$ 192.10
    • Dezembro
      R$ 78.96
    • Novembro
      R$ 123.92
    • Outubro
      R$ 271.83
    • Setembro
      R$ 472.75
  • PREÇOS DE MERCADO

    Semanal Sul

      • PLD Semana 1 Semana 2 Semana 3 Semana 4 Semana 5 Semana 6
      •     01/03 02/03 - 08/03 09/03 - 15/03 16/03 - 22/03 23/03 - 29/03 30/03 - 31/03

    Preços de Mercado - Sul

    • Leve R$ 334,86 R$ 248,93 R$ 245,66 R$ 191,78
    • Média R$ 341,66 R$ 255,28 R$ 252,41 R$ 204,78
    • Pesada R$ 346,37 R$ 255,90 R$ 256,38 R$ 207,53

    Preços de Mercado - Média Geral - Sul

    • Média R$ 339,46 R$ 251,81 R$ 250,06 R$ 199,09
    PLD Médio dos meses anteriores

    Meses Anteriores - Sul - Novo

    • Fevereiro
      R$ 443.67
    • Janeiro
      R$ 192.10
    • Dezembro
      R$ 78.96
    • Novembro
      R$ 123.92
    • Outubro
      R$ 271.83
    • Setembro
      R$ 472.75
  • PREÇOS DE MERCADO

    Semanal Nordeste

      • PLD Semana 1 Semana 2 Semana 3 Semana 4 Semana 5 Semana 6
      •     01/03 02/03 - 08/03 09/03 - 15/03 16/03 - 22/03 23/03 - 29/03 30/03 - 31/03

    Preços de Mercado - Nordeste

    • Leve R$ 178,71 R$ 164,36 R$ 160,22 R$ 160,22
    • Média R$ 178,71 R$ 164,36 R$ 160,22 R$ 160,22
    • Pesada R$ 178,71 R$ 164,36 R$ 160,22 R$ 160,22

    Preços de Mercado - Média Geral - Nordeste

    • Média R$ 178,71 R$ 164,36 R$ 160,22 R$ 160,22
    PLD Médio dos meses anteriores

    Meses Anteriores - Nordeste - Novo

    • Fevereiro
      R$ 164.24
    • Janeiro
      R$ 84.76
    • Dezembro
      R$ 71.13
    • Novembro
      R$ 123.92
    • Outubro
      R$ 271.83
    • Setembro
      R$ 472.75
  • PREÇOS DE MERCADO

    Semanal Norte

      • PLD Semana 1 Semana 2 Semana 3 Semana 4 Semana 5 Semana 6
      •     01/03 02/03 - 08/03 09/03 - 15/03 16/03 - 22/03 23/03 - 29/03 30/03 - 31/03

    Preços de Mercado - Norte

    • Leve R$ 42,35 R$ 42,35 R$ 42,35 R$ 42,35
    • Média R$ 42,35 R$ 42,35 R$ 42,35 R$ 42,35
    • Pesada R$ 42,35 R$ 42,35 R$ 42,35 R$ 42,35

    Preços de Mercado - Média Geral - Norte

    • Média R$ 42,35 R$ 42,35 R$ 42,35 R$ 42,35
    PLD Médio dos meses anteriores

    Meses Anteriores - Norte - Novo

    • Fevereiro
      R$ 45.28
    • Janeiro
      R$ 74.19
    • Dezembro
      R$ 51.61
    • Novembro
      R$ 123.92
    • Outubro
      R$ 271.83
    • Setembro
      R$ 473.58

Notícias

15/03/2019

ANEEL Aprova Reajuste Tarifário da Light

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou nesta terça-feira (12/3), durante reunião pública, reajuste nas tarifas dos consumidores atendidos pela Light Serviços de Eletricidade S.A. Os novos percentuais entram em vigor a partir de 15/3.

A empresa atende 3,8 milhões de unidades consumidoras localizadas na capital e em 31 municípios do Rio de Janeiro.

Ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, a Agência considera a variação de custos associados à prestação do serviço. O cálculo leva em conta a aquisição e a transmissão de energia elétrica, bem como os encargos setoriais.

Confira abaixo os índices que serão aplicados:

Empresa Consumidores residenciais - B1
Light Serviços de Eletricidade S.A. 11,45%
 
     
Empresa Classe de Consumo – Consumidores cativos
Baixa tensão Alta tensão Efeito Médio
em média em média (indústrias) para o consumidor
Light Serviços de Eletricidade S.A. 11,52% 10,20% 11,12%

 

O índice de reajuste da Light S.A foi influenciado pelo impacto do risco hidrológico na gestão da aquisição de energia, com a compensação dos valores de compra de energia não considerados no valor médio concedido na tarifa (CVA Energia) definida no último processo tarifário. Ou seja, a distribuidora teve ao longo do ano passado custos mais altos do que o previsto na tarifa para aquisição de energia, e que foram incorporados ao processo tarifário deste ano.

A bandeira tarifária contribuiu para reduzir em 3,27% o índice final do reajuste da Light S.A.

A desoneração das tarifas de energia é uma das prioridades da diretoria da ANEEL. Mas esse objetivo exige esforços de diversos setores e não apenas do órgão regulador. O diretor-geral da ANEEL, André Pepitone, salienta que as contas de luz são impactadas por um tripé composto por custo de geração da energia, impostos e subsídios bancados pela tarifa. "É uma agenda multilateral que precisamos implementar para alcançar a modicidade tarifária", disse Pepitone.

Abaixo, a composição das tarifas da Light, com tributos:


 

O efeito médio da alta tensão refere-se às classes A1 (>= 230 kV), A2 (de 88 a 138 kV), A3 (69 kV) e A4 (de 2,3 a 25 kV). Para a baixa tensão, a média engloba as classes B1 (Residencial e subclasse residencial baixa renda); B2 (Rural: subclasses, como agropecuária, cooperativa de eletrificação rural, indústria rural, serviço público de irrigação rural); B3 (Industrial, comercial, serviços e outras atividades, poder público, serviço público e consumo próprio); e B4 (Iluminação pública).

Mais informações sobre reajustes tarifários podem ser consultadas no endereço eletrônico www.aneel.gov.br, no link entendendo a tarifa.

 

Fonte: ANEEL/Imprensa

ENTIDADES E ASSOCIADOS:

Aneel - Agência Nacional de Energia Elétrica CCEE - Câmara de Comercialização de Energia Elétrica Abraceel